Com 66 Viale BRT vendidos para Belo Horizonte, Marcopolo treina motoristas do MOVE

ônibus

Ônibus Viale BRT para o sistema MOVE, de Belo Horizonte. Marcopolo comercializou 66 unidades e auxilia na capacitação dos motoristas. Foto: Diego Vieira.

Com 66 Viale BRT vendidos para o MOVE, Marcopolo faz treinamento para motoristas
Sistema de corredor exclusivo para ônibus de Belo Horizonte deve ter primeira fase inaugurada em fevereiro na Avenida Cristiano Machado
ADAMO BAZANI – CBN
Mais que tecnologia, o setor de transportes é feito por pessoas.
Não adianta haver sistemas modernos de ônibus e corredores sem profissionais capacitados tanto para operação como para atendimento humanizado aos passageiros,
Na área técnica, motoristas têm recebido treinamentos em relação aos ônibus que vão servir o sistema MOVE, de corredores BRT em Belo Horizonte.
A inauguração do primeiro trecho, pela Avenida Cristiano Machado, está prevista para o mês de fevereiro.
A fornecedora de 66 ônibus articulados para o BRT mineiro, Marcopolo, diz que tem auxiliado na apresentação dos novos ônibus, que são mais tecnológicos, para os condutores.
O diretor comercial da fabricante de carrocerias, Paulo Corso, disse em nota à imprensa que o modelo Viale BRT têm características que exigem uma capacitação mais adequada dos motoristas e destaca uma parceria feita com a gerenciadora dos serviços da capital mineira, BHTrans:
“Esta ação da BHTrans permitirá que os profissionais conheçam melhor os veículos e possam conduzi-los com maior segurança, eficiência e proporcionar aos passageiros ainda mais conforto e bem-estar durante o trajeto. Nosso compromisso não é apenas fornecer o melhor modelo para cada operação. Sabemos que é importante também passar diversas questões técnicas e operacionais para os motoristas que diariamente trabalharão no MOVE” – afirmou Paulo Corso.
De acordo com a Marcopolo, o modelo Viale BRT que vai ser usado no MOVE tem configuração para 145 passageiros e câmbio automatizado.
A empresa diz que além do design mais moderno, o espaço interno é melhor aproveitado, aumentando a capacidade de transporte e o conforto dos passageiros.
“A maior largura interna, associada à configuração das poltronas, proporciona maior área livre e facilita a circulação dos passageiros, tornando a viagem mais cômoda e confortável. A altura interna também foi aumentada, permitindo a inclusão de eficientes dutos de ar, alto-falantes e amplo espaço para propaganda nas laterais superiores.”, segundo nota da Marcopolo.
MOVE:
O sistema de BRT MOVE de Belo Horizonte, quando concluído, vai atender diariamente cerca de 700 mil passageiros.
A previsão é que o tempo de deslocamento seja reduzido em 45%, segundo a BHTrans.
Com 42 estações, distantes em média umas das outras 400 metros, os 23,1 quilômetros de extensão do MOVE terão três ramais após a conclusão:
Avenida Antônio Carlos: 14,7 km.
Avenida Cristiano Machado: 7,1 km.
Hipocentro: 1,3 km.
Seguindo os padrões BRT, os corredores vão oferecer exclusividade real para o transporte público no espaço urbano. As estações serão modernas, abrigando de melhor maneira os passageiros e com plataformas no mesmo novel do assoalho dos ônibus, dispensando o uso dos degraus dos veículos.
Haverá também o sistema de pré-embarque, pelo qual o passageiro paga a tarifa antes de entrar no ônibus, reduzindo o tempo de parada dos veículos e aumentando o espaço interno, já que os ônibus das linhas troncais não precisam de catracas internas.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

About these ads
Esse post foi publicado em Notícia e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Com 66 Viale BRT vendidos para Belo Horizonte, Marcopolo treina motoristas do MOVE

  1. Bem, pelo menos a pintura está melhor do que a do BRT do Rio de Janeiro que será rigorosamente igual para todos os consórcios desrespeitando a cor vermelha da zona oeste, a cor amarela da zona sul e a cor verde. No caso do RIO os BRTs serão todos na cor azul independente de qual região operem. Espero que BH não siga esse exemplo negativo. De qualquer forma 66 BRTs parece pouco considerando que 6 deverão ficar na reserva para casos de pequenos acidentes ou quebra de veiculo (veículos novos também quebram!)

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    NoooooSsssssssssssssa

    Igual ao de Sampa.

    Em 2099, ne.

    Att,

    Paulo Gil

  3. Marcos 2014 disse:

    Move, uma versão melhorada do projeto BHBus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s