GREVE DE ÔNIBUS EM MANAUS É DESCARTADA

Greve de ônibus em Manaus

Ônibus em Manaus. Empresas depositaram o adiantamento salarial sem redução de 10% como previam os trabalhadores e greve dos motoristas e cobradores que estava prevista a partir deste final de semana não vai mais ocorrer. Briga agora é entre Justiça e empresas Depois que o judiciários determinou que as passagens voltassem ao valor antigo, viações ameaçam retirar frota nova das ruas

Descartada greve de ônibus em Manaus
Motoristas e cobradores receberam os 10% de adiantamento nos salários e não vão mais cruzar os braços

ADAMO BAZANI – CBN

A greve de motoristas e cobradores de ônibus de Manaus, no Amazonas, que poderia acontecer a partir deste final de semana foi descartada pela categoria.
A decisão correu nesta quinta-feira, dia 20 de outubro, em Assembléia realizada pelo STTRM – Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Manaus.
O presidente da entidade, Josildo Oliveira, afirmou que não houve redução de 10% no valor do adiantamento dos salários pagos pelas empresas de ônibus.
Como as viações pagaram conforme o valor esperado pelos trabalhadores, os serviços de transportes coletivos em Manaus vão ser operados normalmente.
Caso ocorresse, a paralisação dos ônibus poderia prejudicar 6 mil passageiros.
De acordo com o Portal de Noticiais, D 24 AM, os transportes em Manaus sofrem uma crise por conta de uma decisão da justiça que estabeleceu que as tarifas de ônibus, reajustadas em 12 de outubro de R$ 2,25 para R$ 2,75, voltassem ao valor antigo.
A alegação da Justiça é que o aumento só poderia ser concedido caso toda a frota te ônibus fosse renovada. A estimativa era de 870 até o final do ano, mas até agora foram 531 veículos. Os empresários ameaçam recolher os ônibus novos.”O transporte coletivo da cidade passa por um momento de crise. Liminar concedida na semana passada pelo juiz da 7ª Vara Cível, Rosselberto Hinenes, determinou que a tarifa de ônibus deveria ficar em R$ 2,25 em vez do valor proposto pela Prefeitura de R$ 2,75. Com isso, os empresários do setor estão ameaçando tirar os novos veículos da cidade. Além disso, na segunda (17) 600 funcionários das empresas de ônibus foram demitidos.” – de acordo com o portal.
Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes, Rádio CBN

About these ads
Esse post foi publicado em Notícia, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s